Saiba o que é Pensamento Estratégico e como desenvolvê-lo

Os profissionais mais bem-sucedidos no mundo empresarial, geralmente, são visionários, sabem como chegar onde desejam e, além disso, são inovadores em suas abordagens. Para ser uma pessoa de sucesso, é preciso aprender a ter pensamento estratégico em todos os assuntos do negócio.

O pensamento estratégico organizacional nada mais é do que o alinhamento da visão e das metas de uma empresa. Isso requer uma mente bastante apurada. A forma como se busca a união entre perspectivas e objetivos deve variar conforme a situação vivida, tanto pelo ambiente interno quanto pelo ambiente externo.

Esse tipo de pensamento pode ser observado na forma de agir do gestor: se mais aberto, de longos horizontes e detentor de uma visão prudente, tende a ser um grande pensador estratégico; se fechado, inconstante e de raciocínio focado somente no curto prazo, menor é a tendência a essa forma de organização mental.

O estrategista procura nivelar os desafios atuais a uma perspectiva de futuro, a partir de uma visão apurada da empresa.

Confira, neste post, como pensar de forma estratégica, considerando as etapas a seguir para que suas ideias possam fluir e ganhar vida!

Aprenda a identificar tendências

A principal causa do não desenvolvimento do pensamento estratégico reside na permanência da “mente enterrada” no trabalho e nas tarefas do cotidiano empresarial, com o foco direcionado apenas para a solução de problemas e o cumprimento de prazos. Dessa forma, você não consegue olhar ao seu redor e perceber o que move os negócios.

Para ser um profissional estratégico, é essencial compreender o contexto do ambiente. E as tendências de mercado mostram para onde esse cenário está avançando. Para isso, é fundamental criar o hábito de ler os noticiários, informar-se em blogs especializados, analisar os dados, fazer pesquisas e conversar com colegas e profissionais mais experientes.

Além disso, também é importante perceber as tendências do seu trabalho. Atente-se aos problemas e às questões que surgem com frequência na sua rotina. Encontre padrões. Organize esses dados e reúna-se com sua equipe para compartilhar e discutir esses assuntos, a fim de desenvolver pensamentos estratégicos em conjunto.

Desenvolva uma inteligência financeira

Não importa se você é o gestor de um empreendimento pequeno, médio ou grande, ou da área de RH ou marketing. Na posição gerencial, é essencial desenvolver a visão financeira da empresa.

Para isso, saiba analisar a viabilidade de projetos de investimentos, definir e acompanhar um orçamento, realizar a gestão dos custos e examinar o resultado financeiro dos setores — principalmente do seu, é claro — e seu impacto na organização em geral. Em um curso de especialização, por exemplo, matérias/disciplinas referentes à visão estratégica de resultados e desempenhos podem ajudá-lo a desenvolver essas habilidades.

Seja flexível

Bons estrategistas não são severos em suas abordagens. É preciso ser capaz de antecipar e enfrentar o inesperado. A flexibilidade permite a troca de direção sempre que necessário. Portanto, avalie constantemente os objetivos do seu setor para mensurar seu progresso.

Colete dados referenciais e estabeleça prazos que possam ajudar você a enxergar quando e como fazer revisões das atividades que estão sendo desempenhadas. Isso oferece dá a possibilidade de desenvolver abordagens pró-ativas, evitando que você e sua equipe entrem em pânico ou “se paralisem” quando surgirem situações extraordinárias.

Separe a estratégia de execução

Após compreender quais cenários podem trazer oportunidades, trace um mapa com a sua estratégia de negócio. Ele pode ser elaborado, até mesmo, no padrão de uma checklist, descrevendo cada etapa que você deverá cumprir para chegar onde deseja.

Depois de definida a estratégia, exponha isso para seu time e lembre-se de que é muito importante ser compreensivo e aberto às críticas, afinal, uma empresa não funciona somente com uma pessoa em ação, correto? Portanto, aceite os feedbacks e as sugestões de seus subordinados. Contudo, isso não significa ficar ocioso, esperando que as coisas aconteçam. Proceda rapidamente. Quando surgir bons momentos, seja sempre pró-ativo.

E então, aprendeu como desenvolver o pensamento estratégico para aumentar a competitividade da sua empresa? Aproveite a oportunidade e compartilhe suas experiências nos comentários. Até a próxima!

Consultoria Conduzimos gestores e suas equipes à conquista de resultados! Outsourcing Alocação de profissionais especializados e de alta maturidade Capacitação Treinamentos abertos e In Company