Entenda o que é COBIT e como ele pode melhorar a gestão de TI

Qual-o-papel-do-ITIL-e-do-COBIT-na-governança-de-TI

Última atualização em 06/12/2021

No dia a dia de uma empresa, tomar decisões exige atenção por parte dos funcionários e da gestão e o setor de TI é uma parte fundamental para que se alcance o sucesso nas demais áreas.

A adoção de um framework de processos pode se mostrar uma grande aliada na hora de implantar mecanismos de controle, que garantem que a área de tecnologia da informação esteja alinhada com os objetivos estratégicos da empresa, e que os recursos estejam sendo aplicados corretamente, reduzindo assim os riscos de um negócio.

É neste contexto que surge o COBIT (Control Objectives for Information and related Technology), um framework focado em governança de TI.

O que é o COBIT?

O COBIT pode ser definido como uma metodologia que auxilia na gestão de recursos e ferramentas da Governança de TI. Atualmente, a COBIT é um modelo utilizado globalmente para garantir a integridade do sistema de informação e pode ser aplicada em qualquer organização.

Cobit 5.0

O COBIT 5.0 é uma estrutura criada pela ISACA (Associação de Auditoria e Controle de Sistemas de Informação) e se baseia em 5 passos:

Cobit 5.0

Esta é a versão mais utilizada da metodologia justamente por garantir uma maior governança, sendo uma plataforma sustentável de ações. Ele otimiza a utilização de recursos, garante apoio nas tomadas de decisão, diminui o risco na implementação de TI e garante a melhoria dos processos.

Componentes do COBIT

  • Framework – IT: auxilia na organização dos objetivos da governança de TI comas melhores práticas nos processos e domínios de TI.
  • Descrições de processo: atua como uma linguagem comum para os indivíduos da organização com planejamento, construção, execução e monitoramento dos processos de TI.
  • Objetivos de Controle: é uma lista completa de requisitos levantados pelo gerenciamento.
  • Modelos de maturidade: aborda as lacunas dos processos acessando a sua maturidade e capacidade.
  • Diretrizes de gerenciamento: auxilia na atribuição de responsabilidades medindo desempenho, estabelecendo objetivos comuns e ilustrando as relações com outros processos.

Princípios do COBIT

Princípios COBIT

Satisfazer as partes interessadas

O COBIT tem como princípio garantir que a TI esteja alinhada com todas as áreas da empresa de tal forma que isso contribua para a governança dos objetivos estratégicos de cada setor.

Leia também  Como um sistema ERP otimiza processos internos?

Ou seja, ele contribui para a geração de valor por meio da TI, sendo importante que os gestores entendam o como este setor pode orientar as metas da empresa e como os objetivos do negócio orientam o TI.

Cobrir a organização de ponta a ponta

O COBIT considera que todos os processos da empresa são ativos organizacionais estratégicos, sendo papel da gestão de cada setor gerenciar os ativos de TI. Desta forma é possível garantir o melhor uso dos ativos para alcançar os objetivos da empresa.

Aplicar um framework integrado e único

Integrar diferentes métodos de gestão e framework ao COBIT, como o ITIL e o ISSO é aconselhado. Fazendo isso é possível ter um único framework abrangente para a gestão empresarial e de TI.

Possibilitar uma visão holística

A visão global da organização é indispensável para desenvolver a gestão dentro do framework do COBIT. Este princípio propõe uma visão que inclui:

  • Estruturas;
  • Setores;
  • Processos;
  • Funções;
  • Atividades;
  • Planos de ação;
  • Recursos humanos e financeiros;
  • Cultura da empresa;
  • Clima organizacional, etc.

Separar governança e gerenciamento

Neste princípio é estabelecida a diferença entre governança de TI e gerenciamento de TI. O gerenciamento de TI busca assegurar que os objetivos da empresa sejam atingidos através da utilização estratégica de informações pela aplicação do COBIT.

Já a governança de TI é o controle da tecnologia, que deve ser realizado pela diretoria ou gestão da empresa.

CTA-COBIT-Boas-Práticas-para-Governança-de-TI

Como implementar o COBIT?

No próprio COBIT é possível identificar instruções para a implementação deste framework em 7 etapas, num passo-a-passo didático:

Como implementar o COBIT

O papel do COBIT na governança de TI

Como foi visto anteriormente, o COBIT ajuda a TI a criar valor e a manter o equilíbrio entre os benefícios, riscos de negócio e uso de recursos. Esse frame possibilita que a TI seja organizada e gerenciada de forma holística, definindo as responsabilidades de cada área para que as necessidades dos stakeholders sejam atendidas.

O COBIT é compatível com outros frameworks e pode ser aplicado depois que outros padrões de nível operacional, como o ITIL. O COBIT é focado principalmente em “o que fazer” e não no “como fazer”, ou seja, é mais voltado para controle do que para execução.

Leia também  Descubra qual a relação entre BPM e BPMS e o que você tem a ganhar com ela!

Independente do framework, o mais importante é assegurar que a TI esteja alinhada com o negócio e que os recursos humanos e financeiros estejam sendo gerenciados corretamente. Afinal, esse é o principal objetivo de ter uma governança de TI.

Saiba mais lendo nosso post completo com tudo o que você precisa saber sobre Governança de TI. Se preferir, você pode baixar o conteúdo gratuito em formato de e-book no banner abaixo!

Ebook Governança de TI

ITIL® é marca registrada da AXELOS LIMITED.
COBIT® é marca registrada da ISACA.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Consultoria Conduzimos gestores e suas equipes à conquista de resultados! Outsourcing Alocação de profissionais especializados e de alta maturidade Capacitação Treinamentos In Company
@mrjackson