Cursos de capacitação: quais os principais para projetos, processos e TI?

Todo profissional que quer obter sucesso deve procurar participar de diversos cursos de capacitação. Não é diferente com quem segue carreira em tecnologia da informação (TI), especialmente para quem quer ter uma atuação menos técnica e mais analítica.

As exigências do mercado de trabalho, bem como as dificuldades para empreender no Brasil, fazem com que os profissionais precisem se esforçar cada vez mais em busca de diferenciação. Além disso, a própria dificuldade para obter experiência em determinadas áreas fazem com que a busca por cursos mais detalhados seja a melhor opção.

Se você está em busca de informações para incrementar seu currículo e adquirir mais conhecimento para competir no mercado de trabalho, empreender ou redirecionar sua carreira, chegou ao artigo certo. Aqui, trazemos algumas dicas de cursos para projetos, processos e TI. Continue lendo para aprender!

O que são cursos de capacitação e que benefícios eles oferecem?

Para começar é importante entender que cursos de capacitação são todos aqueles que ajudam a aprimorar capacidades profissionais e não estão vinculados necessariamente a uma formação acadêmica (graduação e pós-graduação, por exemplo). Eles, geralmente, têm uma duração mais curta, pois são totalmente focados e direcionados a um público específico.

Uma das maiores vantagens de fazer cursos de capacitação profissional é poder direcionar o aprendizado a áreas específicas, quando na academia tradicional a formação é mais abrangente e generalista. Assim, quem almeja atuar como gerente de projetos, por exemplo, vai em busca de um curso específico para isso, apesar de já ter passado pela universidade no curso regular.
Normalmente, profissionais que têm diversos cursos de capacitação no currículo tendem a se destacar no mercado de trabalho, pois conseguem experiência mais prática e são mais preparados para conseguir mais resultados.

Quais cursos de capacitação fazer para alavancar a carreira profissional?

Veja, a seguir, quais são os cursos de capacitação mais recomendados para quem atua (ou quer atuar futuramente) com projetos, processos e TI:

Projetos

Para atuar como gerente de projetos é importante que o profissional desenvolva conhecimentos em gestão de projetos, mas também tenha facilidades para negociar, administrar equipe, gerir mudanças, controlar finanças etc.
Aqui estão algumas sugestões de cursos para quem quer aprimorar seus conhecimentos em projetos:

Processos

Já quem quer se tornar um especialista em processos, deve melhorar suas capacidades em gerenciamento de tarefas, pessoas, tecnologias e serviços envolvidos, entre outras. Veja agora algumas sugestões de cursos de capacitação para profissionais em busca de aprimoramento de suas capacidades com processos:

Tecnologia da Informação (TI)

A carreira em TI é sempre muito promissora, pois há cada vez mais oportunidades na área. Contudo, para entrar para o seleto grupo dos profissionais que têm uma atuação 100% analítica e estratégica é importante ter capacidades que vão além da técnica.
Aqui estão algumas dicas de cursos para quem busca ganho de experiência e conhecimentos em tecnologia da informação:

  • Integrando tecnologia da informação com negócios
  • Gerenciamento de requisitos em projetos de software
  • Gestão ágil de projetos com Scrum
  • Gestão de performance com indicadores (KPIs)

O que buscar em cursos de capacitação profissional?

Seja qual for a atuação que o profissional deseja, é importante sempre buscar aperfeiçoamento. A boa notícia é que os cursos de capacitação costumam ter uma duração rápida, alguns até em horários flexíveis ou que podem ser acessados via internet, o que facilita bastante e oferece mais conforto.
É interessante considerar algumas áreas que merecem atenção na hora de buscar cursos de capacitação. As seguintes habilidades são cada dia mais valorizadas no mercado:

Espírito de empreendedorismo

Esta é uma habilidade que diz respeito a ter a capacidade de criar soluções para problemas antigos e se antecipar às tendências de mercado para gerar novos serviços e produtos.

Liderança e gestão de pessoas

Já como liderança e gestão de pessoas, devemos entender a capacidade de engajar pessoas para darem o melhor de si em projetos. Ou seja, isso é bem mais do que apenas ter poder de comando.

O profissional que consegue desenvolver essas capacidades passa a ter a consciência de que liderar exige mais conhecimento e talento do que apenas chefiar e melhora sua performance ao dirigir equipes em prol de resultados específicos.

Gestão de negócios

Conhecer os meandros do mundo dos negócios, saber planejar em médio e longo prazo, ter noções de criação de parcerias, captação de investimentos etc. Tudo isso é muito valorizado hoje no mundo dos negócios.
E atenção: não é necessário estar na diretoria ou em cargos de liderança para sentir a cobrança dessa capacidade. Atualmente os profissionais de todos os níveis hierárquicos devem lidar bem com ela.

Vendas e negociações

Conseguir tirar projetos variados do papel e vendê-los tanto dentro da empresa quanto para clientes e parceiros, perceber oportunidades de novos negócios, prospectar clientes e investidores são práticas que colaboram para um bom desenvolvimento profissional.

Facilidade com tecnologia da informação

Por fim, não basta conhecer detalhes técnicos das soluções tecnológicas. Pelo contrário, agora é muito importante saber lidar de uma forma proativa com as inovações tecnológicas e o excesso de ofertas de serviços e ferramentas que não param de surgir.

Profissionais que conseguem repassar aos desenvolvedores de software, por exemplo, quais são as funcionalidades necessárias para o andamento do negócio são muito valorizados na maioria das grandes organizações.

A grande maioria dessas habilidades aqui listadas costumam ser adquiridas ao longo de muitos anos de carreira. Acontece que quem tem pressa de crescer não tem tempo para esperar. O bom é que muitas delas podem ser desenvolvidas ou aprimoradas de uma maneira mais rápida: por meio de cursos de capacitação profissional.

Logicamente, é recomendado analisar bem os cursos e o conteúdo programático oferecidos pelas escolas. Olhar a experiência dos profissionais que ministram os cursos também ajuda a fazer boas escolhas, sempre considerando o retorno sobre o investimento, neste caso um retorno intelectual.

Em suma, profissionais que investem em cursos de capacitação profissional podem obter qualidades e habilidades que a grande maioria passa uma vida sem conseguir obter. Gostou deste artigo? O que achou das nossas dicas de cursos de capacitação? Deixe seu comentário!

dicas para certificação PMP

Email Marketing by E-goi

Deixe uma resposta

Consultoria Conduzimos gestores e suas equipes à conquista de resultados! Outsourcing Alocação de profissionais especializados e de alta maturidade Capacitação Treinamentos In Company