3 etapas essenciais do diagnóstico de performance organizacional

performance organizacional

Um diagnóstico sempre tem o objetivo de identificar problemas para proporcionar o “tratamento” mais efetivo. Nas organizações, essa realidade não é diferente, e por isso a gestão empresarial deve utilizar essa ferramenta para melhorar sua performance organizacional, aumentar a produtividade e garantir a lucratividade do negócio.

Você sabe como realizar um diagnóstico de gestão empresarial? Se ainda tem dúvidas quanto a esse assunto, este post irá ajudá-lo. Vamos falar de 3 das etapas essenciais e por que elas são importantes para melhorar a performance da empresa. Confira!

1) Levantamento de informações

Assim como um diagnóstico médico se inicia com a descrição de sintomas, o diagnóstico de gestão empresarial se baseia no levantamento de informações. Para não ter uma visão distorcida da realidade, os métodos precisam variar de acordo com os aspectos que o gestor deseja avaliar.

Quando se trata de avaliar questões relacionadas à produtividade, vendas, ociosidade, erros e retrabalho, a melhor alternativa é analisar documentos e investigar as operações da empresa. Porém, quando o assunto é gestão de pessoas, motivação, qualificação dos funcionários e dificuldades enfrentadas na condução de processos, as melhores fontes são as pessoas.

Para otimizar o processo de levantamento de informações, além das ferramentas tradicionais, como brainstorming, SWOT, etc., o Lean e o Design Thinking tem poderosos conjuntos de ferramentas que poderão ser muito úteis nesta etapa, como storytelling, jornada do cliente, canvas para apoio à compreensão dos processos, cronoanálise, six sigma, entre outras.

É importante salientar que é fundamental o envolvimento das pessoas relacionadas diretamente com as atividades nas quais se quer as informações, pois a qualidade da informação aumenta consideravelmente.

2) Análise das informações

Depois da fase de coleta das informações, é necessário analisá-las. Expresse as respostas obtidas por meio de gráficos, planilhas, canvas, relatórios ou outros métodos que facilitem a visualização e a comparação de dados. Nesta etapa também é extremamente recomendável o uso do Design Thinking, facilitando a análise das informações.

3) Identificação de problemas

Os dados coletados e classificados nas etapas anteriores devem ajudar o gestor a identificar os fatores que causam os problemas e onde eles se concentram, na organização.

Leia também  O BPM CBOK: matriz de áreas de conhecimento e o ciclo de vida

Também é preciso analisar de forma mais cuidadosa cada um dos problemas e identificar suas causas principais e secundárias. Essa medida ajudará a estabelecer as ações prioritárias, que podem gerar um impacto maior a curto prazo.

O que fazer após o diagnóstico de performance organizacional

Da mesma forma que um paciente que recebe o diagnóstico precisa de tratamento, uma empresa devidamente avaliada deve elaborar um plano de ação para a correção dos problemas detectados. Sem essa ação corretiva, ela pode ter seu crescimento e sucesso comprometidos. Em alguns casos, os problemas podem acarretar até mesmo riscos à sobrevivência da organização.

A partir do diagnóstico e de algumas soluções iniciais, a empresa precisa avaliar com cuidado cada uma das situações e estabelecer um planejamento estratégico para corrigir progressivamente esses fatores.

O plano de ação deve priorizar o atendimento às áreas que apresentam os piores desempenhos ou que representam um impacto mais significativo nos resultados do negócio. As soluções para esses departamentos precisam ser desenvolvidas em caráter de urgência.

A organização também deve avaliar a possibilidade de recorrer a profissionais ou consultorias especializadas que podem oferecer alternativas aos gestores, contribuindo para o sucesso da companhia. Contar com profissionais que estão acostumados a lidar com os mesmos desafios em outros contextos contribui para obter uma visão mais ampla dos problemas e conhecer soluções mais eficazes, já testadas e validadas por outras companhias.

Aprenda a decompor e estruturar os processos da sua empresa assistindo ao nosso webinar gratuito.

estruturação de processos

1 thought on “3 etapas essenciais do diagnóstico de performance organizacional

  1. Assim como um diagnóstico médico se inicia com a descrição de sintomas, o diagnóstico de gestão empresarial se baseia no levantamento de informações. Para não ter uma visão distorcida da realidade, os métodos precisam variar de acordo com os aspectos que o gestor deseja avaliar. É importante salientar que é fundamental o envolvimento das pessoas relacionadas diretamente com as atividades nas quais se quer as informações, pois a qualidade da informação aumenta consideravelmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 5 =

Consultoria Conduzimos gestores e suas equipes à conquista de resultados! Outsourcing Alocação de profissionais especializados e de alta maturidade Capacitação Treinamentos In Company