Perguntas primárias e importantes sobre inovação: conceito e ambição

Com a competitividade global, a inovação tornou-se um fator crucial para a sobrevivência das organizações e, desta forma, aquelas que estão direcionadas a trabalhar com inovação possuem a competência de mudar sua situação antes de seus concorrentes e adaptar seus produtos, serviços, processos, gestão, dentre outros.

A inovação também virou um termo cotidiano, pois pode-se ouvir pessoas discutindo ou falando do tema desde em seminários internacionais de negócios e gestão com alto grau de formalismo até em conversas informais em qualquer local comum. O tema praticamente já virou um clichê, e isso é ótimo, visto que as empresas brasileiras precisam mesmo inovar para competir e, como mencionado acima, sobreviver.

Porém, antes de começar a querer inovar de qualquer jeito, dois pontos precisam ser alinhados: conceito e ambição.

Inovação: por que é preciso alinhá-la?

Porque a compreensão sobre o que é inovação poderá ser muito distinta dentro de uma organização. Um exemplo é realizar essa pergunta para perfis profissionais e atuação totalmente diferente, como para um engenheiro de produto e um contador: pra você, o que é inovar?

Essa é uma questão simples, mas a sua importância remete à visão que a organização (pessoas) possui sobre o tema. Logo, quando uma organização já trabalha intensivamente, a percepção dessa pelos colaboradores será mais linear, ou seja, a lacuna de conceitos possivelmente não existirá. Com isso, o primeiro passo para que uma organização verifique a necessidade de inovação para seu negócio é alinhar conceitos, promover e compartilhar a mesma compreensão para todos os envolvidos.

Já o segundo ponto está relacionado às ambições da organização, ou seja, podemos realizar a seguinte pergunta para os gestores:

Por que a inovar é importante para a sua organização?

Como comentamos acima, inovação virou uma palavra comum, pois ser uma organização inovadora é ser moderna, elegante, charmosa, inteligente, aquela onde muitos profissionais desejam trabalhar, os produtos e serviços que as pessoas desejam consumir, enfim, além de clichê virou também a palavra da moda.

Isso é perigoso, porque a organização poderá criar iniciativas e buscar inovar somente por vaidade ou capricho, e não compreendendo o que realmente deseja alcançar com isso.

Leia também  Desafios na Estruturação de um Modelo para a Gestão da Inovação

Alinhar as ambições

A inovação necessita ser entendida, principalmente pelos gestores, como relevante para competitividade da organização. Caso isso não aconteça, é possível que as iniciativas de trazer a inovação como um dos propulsores para o crescimento e a sustentação futura da organização fracassem, uma vez que é necessário identificar a importância disso para a organização.

Estas questões são importantes, porque a inovação é desenvolvida na organização com o tempo e precisa ser entendida. É relevante ainda utilizar um modelo baseado em processos, projetos e indicadores de desempenho, criar parcerias, desenvolver um ambiente “inovador” e gerar resultados constantes, nem que estes inicialmente sejam pequenos para demonstrar o retorno da inovação e todo o seu potencial capaz de sustentar e elevar a competitividade organizacional.

Interessado em criar um cultura que ajude a sua empresa a inovar? Assista ao nosso webinar gratuito e veja como incutir a inovação no pensamento dos seus colaboradores.

cultura de inovação

Charles Prada

Sócio consultor da Euax, bacharel em Ciências da Computação, mestre em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela UFSC, possui mais de 16 anos de experiência em projetos de inovação e atua como professor de graduação e pós-graduação da área de inovação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

catorze − nove =

Consultoria Conduzimos gestores e suas equipes à conquista de resultados! Outsourcing Alocação de profissionais especializados e de alta maturidade Capacitação Treinamentos In Company