O conceito de qualidade na gestão de projetos

gestão da qualidade em projetos

A qualidade na gestão de projetos é uma das atividades mais importantes e que deve ser bem desenvolvida ao longo de todo o projeto. Pode existir um abismo entre aquilo que pode ser entendido pela equipe do projeto e o que é esperado pelo cliente, o que pode levar um projeto ao seu fracasso.

O que é qualidade?

O conceito de qualidade dentro da gestão de projetos pode se dividir em dois: a qualidade relacionada aos processos da gestão de projetos e qualidade referente ao produto/serviço que será entregue.

A entrega do produto, com a satisfação do cliente em conjunto ao que se espera receber, é um indicador chave para indicar que o projeto teve sucesso na organização.

O PMBOK define qualidade como “o grau até o qual um conjunto de características inerentes satisfaz as necessidades”, desta forma temos que, “um projeto com qualidade é aquele concluído em conformidade com os requisitos, especificações e adequação ao uso”.

De fato, é um conceito bastante coerente, pois quando um produto ou serviço entregue satisfaz essas necessidades esperadas pode-se considerar que o projeto atendeu seus objetivos de qualidade. Porém, o que pode ter acontecido quando o projeto atende seus requisitos, mas o cliente não fica satisfeito com a forma que o projeto foi conduzido?

O produto foi entregue dentro do que foi especificado, mas existiram atrasos nas entregas, a comunicação foi pobre, falhas nas habilidades interpessoais com as partes interessadas aconteceram gerando assim insatisfações, o gerenciamento ocorreu de forma turbulenta, entre outras coisas. Esses pontos devem ser analisados e considerados como forma de desvio de qualidade na gestão de projetos.

escopo de projeto

Gestão da qualidade em projetos

No gerenciamento da qualidade temos muito conteúdo teórico, conceitos e materiais extensos. Entre alguns dos gurus que iniciaram os conceitos sobre a qualidade, pode-se citar alguns mais conhecidos: Juran, conhecido pela trilogia da qualidade e o do princípio 80/20; Deming, que escreveu sobre os 14 pontos para melhoria da qualidade e popularizou o ciclo PDCA; e Crosby, que baseia seu trabalho na prevenção e a sua meta do zero defeito.

Uma das fontes do guia PMBOK em termos de qualidade é a ISO9000 mas existem muitos materiais sobre a história da qualidade, sendo um assunto antigo e já incorporado na gestão de projetos. Um tema relevante na gestão de projetos é o conceito de Qualidade e Grau, onde é muito comum que se faça confusão. Apesar da semelhança, não são a mesma coisa.

Leia também  Missão e visão empresarial: o que fazer para tirá-las do papel?

Qualidade e Grau

Qualidade é o grau com que um conjunto de características inerente atende aos requisitos (fonte: ISO 9000) e Grau é uma categoria atribuída aos produtos ou serviços que tem a mesma utilidade funcional, mas com diferentes características técnicas (fonte: Guia PMBOK 5ª edição). Portanto, ter uma baixa qualidade é problemático, porém um grau baixo não necessariamente.

O Gerenciamento da Qualidade é uma etapa importante a deverá passar por todos os seus processos: planejar o gerenciamento da qualidade, realizar a garantia da qualidade e controlar a qualidade, onde iremos definir os padrões e métricas das entregas, garantir que as métricas estão sendo seguidas e monitorar se as entregas estão em conformidade com o que foi especificado, respectivamente.

A qualidade pode não ser a prioridade principal na gestão de projetos, mas ela deve ser considerada, é importante que os esforços aplicados para atender aos requisitos de qualidade sejam compatíveis com a expectativa das necessidades das partes interessadas, porque a satisfação do cliente geralmente é o mais importante.

Dicas finais

Como dicas finais de qualidade na gestão de projetos:

  • Sempre busque entender o que o seu cliente espera como resultado, pois conforme entendido, a satisfação é um indicador chave de sucesso.
  • A equipe do projeto deve estar atenta as questões e seus padrões de qualidade, mas a alta gerência é a responsável por fornecer os recursos necessários para alcançar.
  • Tenha auditorias de qualidade periódicas e independentes em seus projeto. Isso irá ajudar a entender se o projeto está bem sob a visão da empresa e utilize isto para corrigir possíveis problemas “dentro de casa” e não no seu cliente;
  • Por final, compartilhe e divulgue a documentação de qualidade do projeto, deixe o plano de qualidade disponível para que todos possam compreender os padrões de qualidade e as suas métricas utilizadas.

identificação de riscos em projetos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × três =

Consultoria Conduzimos gestores e suas equipes à conquista de resultados! Outsourcing Alocação de profissionais especializados e de alta maturidade Capacitação Treinamentos In Company