Balanced Scorecard (BSC): o que é e como aplicar

Balanced Scorecard

O que é o Balanced Scorecard (BSC)?

O Balanced Scorecard (BSC) é uma metodologia de gestão orientada a resultados, através da integração e do balanceamento de todos os principais indicadores de performance da empresa.

Esses indicadores podem ser financeiros, administrativos e operacionais ou estabelecer objetivos corporativos claros.

No BSC, todos os níveis hierárquicos são diretamente envolvidos, por meio do desdobramento destes objetivos em metas individuais e coletivas. Assim, o Balanced Scorecard é também um instrumento de comunicação interna, reforçando a missão e a estratégia corporativa, de maneira transparente. Através do método, é possível criar um controle efetivo sobre os processos e o desempenho de setores, equipes e profissionais.

Objetivos do Balanced Scorecard

O BSC tem a intenção de alinhar planejamento estratégico e atividades operacionais, através de objetivos e indicadores, que servem para criar um fluxo de informações entre gestores e seus times, de modo que haja participação ativa e comprometimento de todos.

Porém, o BSC exige alguns cuidados, em especial com a definição dos macro-objetivos e das metas, para que de fato colaborarem com a conquista dos grandes resultados esperados.

Neste sentido, os gestores devem planejar o desempenho financeiro e a expansão do negócio, considerando as capacidades reais da empresa e também, as variáveis externas, como as tendências do mercado. Assim, os objetivos serão desafiadores, mas factíveis.

Ele ainda reforça o feedback, apoiando o desenvolvimento dos profissionais. O processo de revisão também é estimulado,  favorecendo o monitoramento constante dos indicadores, que por sua vez, permitem a identificação de gargalos e desvios com antecedência, possibilitando rápidas ações corretivas.

BSC - Acordos individuais para construir compromisso com a estratégia

Perspectivas do BSC

O BSC contempla um planejamento a longo prazo e evita decisões meramente imediatistas. Assim, abrange quatro perspectivas da gestão. São elas:

1. Clientes

Essa perspectiva inclui indicadores relacionados diretamente ao mercado e aos clientes, como satisfação, fidelidade e retenção, que por sua vez, consideram elementos como atendimento, prazo, qualidade e custos, por exemplo.

2. Processos internos

Pela perspectiva dos processos internos, são avaliados indicadores relacionados a todos os processos da empresa, buscando sempre a otimização e a melhoria contínua, de forma a agregar valor, eliminar desperdícios e falhas, gerenciar riscos e reduzir custos.

Leia também  Saiba o que é pensamento estratégico e como desenvolvê-lo

3. Aprendizado e crescimento

A perspectiva de aprendizado e crescimento trata de iniciativas destinadas ao próprio aperfeiçoamento do negócio. Ela é feita através de capacitação e preparação, que envolvem aspectos como infraestrutura, pesquisa, desenvolvimento de novos produtos e serviços, implantação de sistemas integrados e investimento em capital humano.

4. Financeira

Nesta perspectiva, indicadores financeiros comprovam a efetividade e as consequências de ações e decisões. Faturamento, lucro, pagamentos e despesas gerais, estão entre os indicadores monitorados.

Implantação do Balanced Scorecard

A implantação do Balanced Scorecard depende também de uma série de etapas a serem cumpridas, mas que podem assegurar a eficiência da metodologia.

1. Definição de objetivos

Nesta fase, é preciso definir claramente os objetivos específicos de cada setor e suas interdependências, considerando as quatro perspectivas básicas: financeira, dos clientes, dos processos internos e do aprendizado e crescimento. Lembrando que os objetivos devem refletir fielmente, o planejamento estratégico.

2. Construção do mapa estratégico

Após a definição dos objetivos, é necessário construir o mapa estratégico, que deve descrever os pontos essenciais para a concretização dos planos da empresa e também, indicar a forma como os resultados serão mensurados. Cabe ao gestor assumir o papel de líder, e manter sua equipe informada e motivada, fortalecendo o senso de pertencimento.

3. Desdobramento em metas

O desdobramento dos objetivos em metas individuais e coletivas, deve contar com a participação dos profissionais diretamente envolvidos. O ideal é que essa tarefa seja feita em conjunto, pelo gestor e pelo colaborador, para assegurar o alinhamento das expectativas.

4. Disseminação do conceito

Para que seja efetivo, o BSC precisa ser conhecido por todos os colaboradores, bem como o mapa estratégico. Assim, é fundamental contar com um sistema de comunicação inteligente, incluindo treinamentos, campanhas pontuais, gestão à vista e reuniões gerenciais. É importante que indicadores e resultados estejam disponíveis, para que todos possam acompanhar e buscar novas oportunidades de melhoria.

Sua empresa já adotou o Balanced Scorecard (BSC)? Conheça algumas etapas do BSC e aprenda a fazer um mapa estratégico assistindo ao nosso webinar gratuito.

BSC para execução da estratégia

2 thoughts on “Balanced Scorecard (BSC): o que é e como aplicar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − um =

Consultoria Conduzimos gestores e suas equipes à conquista de resultados! Outsourcing Alocação de profissionais especializados e de alta maturidade Capacitação Treinamentos In Company