O que é um sistema ERP?

sistema erp

Com o crescimento constante de micro e pequenas empresas, a necessidade de um sistema ERP também cresce, aumentando a quantidade de empresas que investem nesse negócio.

Mas você realmente sabe o que é um sistema ERP?

Acompanhe nosso texto para entender:


Boa leitura!

O que é um sistema ERP?

Do inglês, Enterprise Resource Planning. Na tradução: sistema integrado de gestão de empresas. O ERP nada mais é que um software de assistência administrativa e financeira para empreendimentos.

Como conceito, o sistema é mais antigo do que parece, no fim dos anos 50 já existia um sistema de gestão. Era um processo lento, grande e caro. Mas de alta tecnologia e ainda assim, mais rápido do que fazer tudo manualmente.

Esse método foi se modernizando gradativamente com o passar do tempo. Nos anos 70 já existia um conceito de MRP (Material Requirement Planning, ou planejamento de recursos de manufatura), que já nos anos 80 foi atualizado para o MRP II, controlando outros sistemas do processo de fabricação.

Ainda assim, no final dos anos 80 e início dos anos 90 a nomenclatura e o sistema ERP foram crescendo, uma vez que existia um medo de os sistemas MRP e MRP II falharem com o bug dos anos 2000 (o que não aconteceu).

O sistema de planejamento de recursos da empresa, o ERP, serve como auxiliar das questões administrativas e de balanço de uma empresa. Ele é um sistema online, e os sistemas online podem ser acessados de qualquer lugar que você esteja e de qualquer dispositivo, pois funciona através do navegador.

enterprise resource planning

Mas final, o que faz um ERP de fato?

Quais são as funções de um ERP?

Um ERP pode apresentar funções de: controle de estoque, controle financeiro, controle de vendas, fluxo de caixa, emissão de boletos, emissão de nota fiscal, emissão de relatórios, e outros.

Além de trazer um controle fácil e amplo do seu negócio em diversos âmbitos, o sistema traz dados que podem ser decisivos na tomada de algumas decisões. Assim, analisando os gráficos, dados e cálculos, é possível ter uma noção maior da situação que o seu negócio se encontra, mostrando se é uma boa ideia fazer um novo investimento ou não.

É um método de fácil utilização e auxilia o empresário, seja ele novo no mercado ou novo em relação à utilização de um sistema de gestão.

Leia também  Trocar ou manter o ERP: como tomar a decisão correta?

Além disso, o ERP ainda possui outras vantagens essenciais para qualquer gestor de empresa:

Vantagens do ERP

Os norte-americanos do Aberdeen Group fizeram um estudo sobre empresas que fazem uso de ERPs. Desse modo, concluíram que apenas 27% das funções dessa ferramenta são utilizadas pelas empresas que foram consultadas. E um dos motivos do pouco uso do sistema é que a maioria desconhece suas amplas opções e possibilidades.

Com esse sistema você pode se desfazer por completo de qualquer sistema de controle fragmentado, seja ele planilha, caderno, agenda ou outro, pois o ERP possibilita o armazenamento de todos as informações necessárias. Trazendo respostas mais objetivas em relação, principalmente, ao seu financeiro.

Por exemplo: o ERP possibilita controle de estoque, assim o gestor saberá as épocas de maior venda de certo produto e de menos venda de outro, sendo possível traçar um plano de compra para eles.

As principais vantagens desse tipo de controle estão na sua qualidade e eficiência, pois otimiza todo o processo de arquivamento de dados, reduzindo a possibilidade de erros. Também ajuda na redução de custos, cortando gastos desnecessários e evitando investimentos que não seriam bons. Além, claro, de ser um programa de baixo valor.

E não apenas reduzindo a possibilidade de erros de controle. Pois como é um sistema online, está adequado ao cumprimento de legislações vigentes relacionadas à emissão de boletos, notas e outros.
Como evitar o caos na implementação do ERP

Depois de entender todas as vantagens que um software de ERP pode trazer para a sua empresa, você certamente está pensando em contratar um, não é? Hoje em dia, existem no mercado várias opções de sistemas de ERP, mas é importante que você saiba como escolher o melhor para a sua empresa.

Como escolher um sistema de ERP para sua empresa

É imprescindível que você faça um estudo antes de contratar um sistema ERP para sua empresa, para isso existem algumas considerações a serem feitas.

O sistema atende minhas necessidades?

A primeira delas é saber se o sistema em questão atende as necessidades da sua empresa, para definir isso é preciso saber o que sua empresa precisa e mapear o software que melhor compreenda suas demandas.

Leia também  5 dicas para a escolher o melhor ERP antes da compra

Por exemplo: se a sua empresa preza por praticidade e facilidade, então esse tipo de sistema é ideal. Afinal, um sistema que utiliza salvamentos na nuvem garante que ele possa ser acessado de qualquer lugar, aumentando a praticidade.

Equipe de suporte

Se esse tipo de sistema é algo novo para você e seus colaboradores, se assegure que a empresa desenvolvedora do sistema possua uma equipe de suporte. E ainda que essa equipe tenha diversos tipos de atendimento. Seja por chat, telefone ou e-mail. E que sejam responsivos.

Cabe no bolso

Estamos falando de um sistema para melhorar o financeiro da sua empresa, consequentemente, você não irá dispor de um valor muito alto para a contratação de tal. Portanto, se assegure que o valor imposto pelo serviço contratado esteja de acordo com a sua capacidade financeira no momento. E mesmo se for possível investir um valor mais alto, não contrate um sistema que parece ser o mais completo, mas não tem o que sua empresa precisa.

Sistema que se desenvolve com você

O que toda empresa quer é crescer, expandir, por isso, busque um servidor que acompanhe esse crescimento. Que possa ser usado no seu negócio atual, mas que se houver possibilidade e necessidade de abrir uma filial, ele acompanhe. Que também seja ajustável, lhe auxiliando com poucos funcionários e estoque ou com uma equipe maior e mais produtos.

E por último, estamos falando de acessibilidade e facilidade. Portanto, encontre um ERP que satisfaça essas necessidades. E não gerando mais problemas e dificuldades.

Com a crescente expansão do mercado de ERPs, são muitos os tipos de sistemas que existem para atender a sua empresa. Confira quais são e o que faz cada um:

Tipos de ERP

  • Sistemas ERP legados: são sistemas muito antigos. São difíceis de prestar suporte e necessitam peças especiais que podem ter sido descontinuadas. Além de não acompanharem o crescimento da empresa.
  • Sistemas engessados: Esses são sistemas que, por serem mais baratos, não disponibilizam muitos acessórios. Eles não irão acompanhar o crescimento da empresa ao longo do tempo. O que fará com que a empresa tenha que migrar para outra plataforma ou outro sistema ERP.
  • Sistemas gratuitos: apesar de parecer uma ótima ideia no início, podem não ser. A maioria das empresas que optam pela utilização deles acabam tendo que desembolsar algum valor com consultoria. Isso porque esses sistemas ERPs não suprem todas as suas necessidades e, consequentemente, as empresas acabam migrando para outro.
  • Back Offices: os back offices, apesar de não poderem ser considerados um sistema ERP, estão muito perto de ser. Acompanhado de um sistema ERP legado, pode se tornar uma grande ajuda.
  • Sistemas verticalizados para um canal de negócio: Esses sistemas geralmente são utilizados por lojas físicas e franquias. Eles não possuem uma gestão tão especificada e um planejamento ideal. Mas contém funcionalidades voltadas para promoções, controle de comissão e outras necessidades de uma empresa desse tipo.
  • ERP idealizado para Omnichannel: esses são os sistemas mais indicados e completos no cenário atual. Trazem um controle mais completo de financeiro, produtos, fluxo de caixa. Tem novos meios de impressão de boletos e notas fiscais, entre todas as necessidades de uma empresa.
Leia também  Conheça os 4 sinais que chegou a hora de trocar de ERP

Considerações finais

É possível concluir que um sistema ERP faz toda diferença. Trazendo grande facilidade e possibilitando um maior controle. Por isso, é indicado a reflexão sobre a contratação de um sistema ERP, pensando sempre no melhor funcionamento da sua empresa e na otimização do tempo e do seu financeiro.

Através de um sistema assim, é possível saber como está sua empresa e o que deve ser mudado. Portanto, faça uma pesquisa e encontre algum que se encaixe com as necessidades e com o perfil da sua empresa.

Post produzido pela equipe do eGestor.

e gestor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − treze =

Consultoria Conduzimos gestores e suas equipes à conquista de resultados! Outsourcing Alocação de profissionais especializados e de alta maturidade Capacitação Treinamentos In Company