Tipos de inovação: conheça os principais e saiba como aplicar

Tipos de inovação

Conhecer os tipos de inovação, suas características e aplicações pode trazer modificações significativas para o seu negócio, especialmente em relação à otimização de processos e melhoria de produtos.

Afinal, encontrar o modelo mais viável diante dos recursos disponíveis depende do conhecimento e da comparação entre os caminhos possíveis.

Por isso, confira a seguir as informações relevantes que separamos a respeito desse processo e encontre a melhor opção para a sua empresa.

O que é inovação?

A inovação, em sentido comum, é a introdução de uma alteração no andamento regular das coisas. Em outros termos, é a introdução de uma novidade.

Essa palavra, na linguagem própria do empreendedorismo, é geralmente utilizada para se referir àquele conjunto de novidades que, de fato, geram um resultado positivo para empresa, como lucro, solução de problemas, ocupação de mercado, etc.

Como aplicar a inovação?

A aplicação da inovação em empresas requer, antes de mais nada, a criação de condições para que as mudanças sejam introduzidas.

Nesse sentido, o primeiro trabalho é sempre o de convencimento sobre a importância da transformação, bem como a incorporação de capacidades dinâmicas pelos setores atingidos.

Logo após, precisamos identificar os tipos de inovação mais adequados a fim de definir o conteúdo das alterações.

O que é inovação radical ou disruptiva?

A inovação radical é um tipo de criação que atinge e altera a base das coisas. Quando mudamos radicalmente uma casa não trocamos apenas a pintura das paredes, mas seus alicerces, estruturas, colunas e fundação.

Em um negócio, esse tipo de mudança pode ocorrer em produtos, métodos de gestão, processos e afins, sempre se caracterizando pelo rompimento dos princípios-chave dos modelos anteriores e início de um novo ciclo.

Por sua vez, a inovação disruptiva é um tipo de inovação radical que, ao mesmo tempo, desestabiliza uma situação consolidada e cria uma nova situação de mercado.

Por exemplo: o UBER é um serviço de transporte urbano que desestabilizou os serviços de táxi e criou um novo modelo.

O que é inovação incremental?

A inovação incremental é aquela que causa, gradual e periodicamente, pequenas modificações à situação consolidada, como, por exemplo, a evolução de interface do Windows 7 ao 10.

Leia também  Saiba como incentivar o intraempreendedorismo em sua empresa

Esse modelo é o mais comum — isso porque, embora alguns setores como marketing, TI e gestão estejam mais abertos às mudanças, de maneira geral as pessoas tendem a ser conservadoras em relação às práticas e atividades já estabelecidas.

Logo, uma mudança abrupta poderia gerar resistência.

Quais são os tipos de inovação?

Dentro de uma empresa, a inovação pode ser aplicada a certos contextos específicos. Veja alguns exemplos:

Inovação de processos

A inovação pode ser aplicada ao conjunto de ações necessárias para atingir um dos objetivos da empresa.

É muito comum que os gestores procurem novas maneiras de colocar suas soluções no mercado, otimizando os processos produtivos — ou seja, buscando aumento de produtividade e redução de custos.

Dois exemplos bastante atuais de inovação em processos são a aplicação da internet das coisas ao design e produção de bens e o uso da análise de big data na criação e desenvolvimento de produtos.

Inovação de produtos e serviços

Dos pacotes de biscoito aos novos modelos de computadores, vemos a inovação de produtos diariamente nas prateleiras de lojas e outras formas de comércio.

Essa compreende as modificações de design, função, mecanismos, software, hardware e afins que ocorrem nas soluções postas no mercado.

Nesse sentido, também podemos falar de inovações em serviços — afinal, a maneira como uma atividade é executada pode igualmente se beneficiar de ideias novas e acréscimos de tecnologia.

Inovação geral e setorial

A inovação pode ocorrer ainda na empresa como um todo (mudança na cultura organizacional, ramo de atividade, modelo de negócios etc.) ou em um de seus setores (departamento jurídico, contábil, de vendas, etc.).

Sendo assim, conhecer as características de cada área será fundamental para a implementação dos tipos de inovação mais adequados, uma vez que, em toda companhia, existem alguns setores mais conservadores e outros mais revolucionários.

Você deseja criar uma cultura de inovação na sua empresa? Assista ao nosso webinar e veja como inserir inovação no DNA da sua organização.

Leia também  Pontos importantes para gerenciar projetos de inovação

cultura de inovação

Charles Prada

Sócio consultor da Euax, bacharel em Ciências da Computação, mestre em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela UFSC, possui mais de 16 anos de experiência em projetos de inovação e atua como professor de graduação e pós-graduação da área de inovação.

2 thoughts on “Tipos de inovação: conheça os principais e saiba como aplicar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 12 =

Consultoria Conduzimos gestores e suas equipes à conquista de resultados! Outsourcing Alocação de profissionais especializados e de alta maturidade Capacitação Treinamentos In Company