Conheça os 4 sinais que chegou a hora de trocar de ERP

Trocar de ERP

A maioria das empresas hoje em dia, desde as menores até as grandes corporações, conta com um sistema ERP. Mas, nem sempre ele vai conseguir atender às necessidades dessa empresa durante muitos anos. Trocar de ERP pode ser uma ação necessária para a evolução do negócio.

Entretanto, uma troca dessa magnitude realizada no momento errado pode gerar diversos impactos negativos. Por isso, é importante saber quando é a hora certa de agir. Neste post vamos mostrar quatro sinais que deixam isso bem claro. Fique atento e boa leitura!

Por que trocar de ERP na minha empresa?

A resposta para essa pergunta é muito simples: porque ele se tornou obsoleto para o seu negócio. Isso quer dizer que, mesmo que na época da implantação ele tenha proporcionado muitos benefícios, agora ele não consegue mais acompanhar o crescimento da sua empresa.

Alguns dos principais ganhos esperados em uma mudança de ERP são:

  • Modernização nos processos;
  • Ganho de tempo;
  • Maior aderência visual.

Todos eles influenciarão no custo-benefício dessa troca.

Quais são os sinais de que o meu ERP precisa ser trocado?

Para não ter dúvidas sobre o momento certo de fazer a mudança, observe os quatro sinais que vamos destacar a seguir.

1. Dificuldade de utilizar o sistema

Os primeiros sinais de que algo não está indo muito bem é que o software de gestão não é de fácil usabilidade. Isso afeta a produtividade da equipe, pois os colaboradores acabam gastando muito mais tempo para executar suas tarefas.

Aos poucos, a ferramenta pode até causar aversão por parte dos colaboradores, fomentando o uso de controles paralelos.

2. Incidência de erros e aumento nas paradas para manutenção

Alguns sistemas de gestão mais antigos apresentam uma série de pequenos erros, frutos da falta de evolução da ferramenta frente às grandes mudanças nas práticas gerenciais dos dias atuais.

Dessa forma, aumenta a quantidade de alterações realizadas no sistema original, ocasionando muitas paradas para manutenção. Além disso, aumentam as chances de novos erros, por causa do grande volume de modificações.

Leia também  5 erros comuns na implantação de um ERP e como evitá-los

3. ERP está incompatível com a visão do negócio

Toda empresa evolui e o software de gestão que ela utiliza precisa acompanhar essa evolução. Muitas vezes, a ferramenta escolhida originalmente não tem a robustez necessária para acompanhar o crescimento da empresa.

Isso começa a ficar mais evidente quando a diretoria quer implantar um novo processo ou precisa de novos tipos de relatórios, mas esbarra na falta de capacidade do ERP.

4. Não controla mais todas informações

Esse é um problema muito grave, pois pode afetar na segurança, confiabilidade e integridade das informações de uma empresa. Ao manter diversos controles paralelos ao ERP, a margem de erro aumenta drasticamente.

Além disso, a falta de praticidade dessa rotina impacta na produtividade e até mesmo no clima da equipe, que pode se sentir menos motivada ao executar tarefas de forma pulverizada.

É claro que a decisão de trocar de ERP não pode ser resumida em apenas 4 sinais. Por isso, preparamos um de nossos especialistas em ERP, Charles Prada, preparou um material exclusivo para que você possa tirar suas dúvidas de uma vez por todas. Assista ao webinar sobre como saber se está na hora de trocar de ERP.

trocar de erp

Rafael Correa

Sócio diretor da Euax, graduado em Economia pela Univille, possui mais de 16 anos de experiência em projetos de desenvolvimento e implantação de software. É certificado PMP, ITIL Foundation e Lean IT.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 10 =

Consultoria Conduzimos gestores e suas equipes à conquista de resultados! Outsourcing Alocação de profissionais especializados e de alta maturidade Capacitação Treinamentos In Company