Body shop de TI: o que é, quando é indicado e
implementação

Você já ouviu falar em body shop de TI? Esse é um termo que se refere à contratação de profissionais de TI, por meio da terceirização, para executar projetos ou atividades específicas dentro de uma empresa.

Essa modalidade de serviço tem alguns desafios, como a integração do profissional terceirizado à cultura e aos processos da empresa contratante, a gestão do contrato e a qualidade do serviço prestado.

Neste artigo, vamos explicar o que é body shop de TI, como ele funciona, quais são as suas diferenças em relação ao outsourcing de TI e quais são os cuidados que você deve ter ao contratar esse tipo de serviço. Acompanhe!

O que é body shop de T.I?

Body shop de TI é uma forma de contratação terceirizada de profissionais de tecnologia da informação para atender demandas específicas e temporárias de uma empresa. O termo body shop, que em inglês significa “loja de corpos”, faz alusão ao fato de que a empresa contratante “aluga” a mão de obra de um especialista em TI, sem se preocupar com os custos e as responsabilidades trabalhistas envolvidos.

O body shop de TI funciona da seguinte maneira: a empresa contratante define o escopo, o prazo e o orçamento do projeto ou da atividade que precisa ser realizada, e busca no mercado uma empresa que ofereça o serviço de body shop de TI. Essa empresa, por sua vez, seleciona e disponibiliza um profissional para executar o trabalho dentro da empresa contratante, ou de forma remota, conforme acordado.

O profissional contratado pelo body shop de TI não faz parte do quadro de funcionários da empresa contratante, mas sim da empresa que presta o serviço de body shop. Portanto, ele não tem vínculo empregatício com a empresa contratante, nem recebe benefícios ou direitos trabalhistas dela. Ele também não tem acesso a informações confidenciais ou estratégicas da empresa contratante, a menos que seja autorizado.

Veja também o post sobre alocação de profissionais de TI

Desafios do body shop de T.I

O body shop de TI é uma modalidade de terceirização de serviços que pode atender demandas pontuais e específicas de profissionais de tecnologia. No entanto, esse modelo também apresenta alguns desafios.

O primeiro deles é a dependência da empresa contratada. No body shop de TI, a empresa contratante depende da empresa que fornece o profissional terceirizado para resolver qualquer problema, dúvida ou imprevisto que possa surgir durante o projeto ou a atividade.

Isso pode gerar atrasos, custos extras ou insatisfação com o serviço, caso a empresa contratada não tenha um bom atendimento, uma boa comunicação ou uma boa disponibilidade.

Dificuldade de retenção de conhecimento: no body shop de TI, o profissional terceirizado fica alocado na empresa contratante apenas pelo tempo necessário para executar o projeto ou a atividade. Depois disso, ele se desliga da empresa e leva consigo todo o conhecimento adquirido ou gerado durante o trabalho.

Isso pode prejudicar a continuidade, a manutenção ou a evolução do projeto ou da atividade, caso a empresa contratante não tenha uma boa documentação, uma boa transferência ou uma boa capacitação dos seus profissionais internos.

Outro desafio crítico envolve a segurança e a confidencialidade dos dados. Com a entrada e saída frequente de profissionais temporários, a organização precisa implementar medidas rigorosas de controle de acesso e garantir que todos os colaboradores compreendam e adotem as políticas de segurança da informação.

Em meio aos desafios inerentes ao Body Shop de T.I., é importante destacar que o outsourcing de T.I. surge como uma poderosa ferramenta para mitigar algumas das complexidades associadas a esse modelo. Veja no tópico a seguir!

Leia também o post: Vazamento de dados em empresas

Body shop de T.I vs outsourcing de T.I

Imagem que mostra a diferença entre body shop de ti e outsourcing
Body shop de ti vs Outsourcing

O body shop envolve a contratação de profissionais específicos para trabalhar internamente, muitas vezes em caráter temporário. Esse modelo tem semelhança à contratação de freelancers, por exemplo, pois nesta abordagem, a empresa é responsável pela gestão, mas fica restrita ao conhecimento individual do profissional.

Embora ofereça maior controle sobre a administração do colaborador temporário, a empresa também se limita às habilidades específicas desse profissional.

Já o outsourcing difere ao externalizar completamente determinadas funções ou processos para terceirizados. A principal vantagem aqui é a transferência de responsabilidades completas para especialistas externos.

Isso permite que a empresa concentre seus esforços nas competências principais, liberando-se da gestão direta dos profissionais terceirizados. Além disso, a terceirização de T.I proporciona acesso a uma equipe especializada, oferecendo uma gama mais ampla de conhecimentos e habilidades. A presença dessa equipe externa também confere maior flexibilidade e agilidade, facilitando respostas rápidas a mudanças ou substituições necessárias.

Vantagens do outsourcing de T.I

  • Transferência de responsabilidades completas: Ao terceirizar, a empresa transfere a responsabilidade total das funções específicas para especialistas externos, permitindo que ela se concentre em suas competências principais.
  • Acesso a uma equipe especializada: Diferentemente do body shopping, o outsourcing proporciona uma equipe completa, oferecendo uma gama mais ampla de conhecimentos e habilidades.
  • Maior flexibilidade e agilidade: A presença de uma equipe externa permite uma resposta mais rápida a mudanças ou substituições necessárias, garantindo continuidade nos serviços prestados.

Como selecionar o parceiro?

Selecionar o parceiro de body shop é uma decisão crítica que pode impactar significativamente o sucesso e a eficiência das operações de uma empresa. Primeiramente, é fundamental realizar uma análise detalhada das competências técnicas do profissional oferecido pelo parceiro.

Isso inclui avaliar suas habilidades, experiência e certificações relevantes para garantir que estejam alinhadas com as necessidades específicas da empresa.

Além disso, é crucial avaliar a reputação do parceiro no mercado. Isso envolve analisar seu histórico de projetos anteriores, obter referências de clientes antigos e verificar se a empresa tem uma sólida reputação de entrega de serviços de qualidade.

Por último, a transparência e a comunicação eficaz são elementos-chave na seleção do parceiro de body shop de T.I. A empresa deve buscar um parceiro que seja transparente sobre seus processos de seleção, gestão e substituição de profissionais temporários. Uma comunicação aberta e constante é essencial para garantir uma colaboração eficaz e a rápida resolução de quaisquer problemas que possam surgir durante o período da parceria.

Como a Euax pode te ajudar?

A Euax se destaca como líder no fornecimento de soluções abrangentes de outsourcing de T.I. Ao escolher a nossa empresa como sua parceira estratégica, você tem acesso aos melhores profissionais de T.I do mercado, capacitados para atender a projetos específicos ou de curta duração. A Euax não apenas oferece especialistas altamente qualificados, mas também assume a responsabilidade total pela coordenação, proporcionando uma experiência tranquila para sua empresa.

Ao optar pelos serviços de outsourcing de T.I da Euax, você elimina a necessidade de se preocupar com a gestão e coordenação interna desses profissionais, permitindo que sua empresa se concentre exclusivamente em suas competências principais.

Descubra como nossos serviços de outsourcing podem impulsionar a eficiência e o sucesso de seus projetos. Explore mais sobre as soluções que oferecemos visitando nossa página de Serviços de Outsourcing em T.I. Estamos comprometidos em fornecer as melhores práticas e expertise para otimizar suas operações de T.I.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Consultoria Conduzimos gestores e suas equipes à conquista de resultados! Outsourcing Alocação de profissionais especializados e de alta maturidade Capacitação Treinamentos In Company
@mrjackson